segunda-feira, 30 de março de 2009

OBRA PARA SORTEAR

Acrílico s/tela
Pintado com as mãos
Esta obra vai ser sorteada no jantar de encerramento das actividades da Academia que se raliza no dia 9 de Junho. Já podem comprar as senhas para o sorteio. São só 2 € e a venda reverte a favor da Academia.


Ainda sobre o aniversário da Academia


Faltava esta obra de arte, da nossa amiga Isabel Pinto.
Fez em casa sòzinha.
É caloira da Academia e já vai muito bem.
Acrílico s/tela

Bordados de S. Miguel


Bordado a matiz com linha de cinco fios em dois tons de azul sobre linho ou algodão.

Bordados


Bordado a cheio e grilhão sobre linho antigo.

sexta-feira, 27 de março de 2009

25 de Março Aniversário da Academia de Cultura e Cooperação de Leiria

" A Mulher" foi o tema da nossa mostra
para festejar o aniversário da Academia.
O nosso colega António Costa que se está a dedicar à Arte Sacra
Apresentou este trabalho, quiz deste modo homenagiar todas as mulheres.

Acrilico s/tela

10.º Aniversário da Academia (Cont)


Acrílico s/ tela
Autora Maria Francisca Cheléu

Telas em Acrílico e Poemas
Autora:
Maria João Gaspar

10.º ANIVERSARIO DA ACADEMIA DE CULTURA E COOPERAÇÃO DE LEIRIA

Uma pequena mostra dos nossos trabalhos das artes subordinada ao tema " A MULHER"

Participação da colega Isabel Pinto


Participação da colega Alice Santos



Acrílico s/tela

quarta-feira, 25 de março de 2009

A NOSSA OBRA DE ARTE!!!


PINTURA COLECTIVA


A Professora Mª José, na Festa da Academia, oferecendo à Dra Helena a tela pintada por todos os alunos das artes! Peço desculpa pela fotografia não ter ficado bem, mas eu não estava bem situada para que ficasse como era meu desejo! Falta de experiência! e pouco "profissionalismo"!!!

quinta-feira, 19 de março de 2009

Olá joão
Faço minhas as palavras da Isabel.
Porque não expor este trabalho no dia 25???
Pense nisso. Obrigada pelas coisas bonitas que faz e escreve.
Que Deus lhe dê muita saúde para continuar.

AO PAI

NASCENTE - acrílico sobre tela

AO PAI

Foste a luz que me deu vida
foste a fonte do conhecimento
foste a fonte da sensibilidade
foste a imagem da integridade
foste a imagem do amor
foste ... és meu pai.
O pai que é símbolo de imensidão
o pai que é símbolo de rectidão
o pai que é símbolo de companheirismo
o pai que é símbolo de perenitude
nasci de ti, cresci contigo, fiz-me gente contigo...
A imensidão do mar
é a distância terrena que há entre ti e mim.
A luz do sol que todos os dias brota
é o caminho que liga a minha vida à tua.
És meu pai
serás sempre O MEU PAI
és a minha referência
és a minha NASCENTE.
Posted by Picasa

A PRIMAVERA


Está a chegar a primavera.
Espero que o cheiro das flores, o sol, o azul do céu, o chilrear dos passarinhos vos inspirem para fazerem trabalhos bem bonitos como só vocês sabem fazer.
Para já um trabalho executado pela nossa amiga Graça Ferreira.

Óleo sobre tela

domingo, 15 de março de 2009

PINTURA QUE EU "FIZ"!!!

http://www.jacquielawson.com/preview.asp?cont=1&hdn=5&pv=3146946

Para verem esta Maravilha, basta clicar no pincel depois de abrir a página!

Beijinhos

terça-feira, 10 de março de 2009

TARAMBOLA



Painel de 6 azulejos 15X15cm

Estilo SÉC XVII

Executado por Graça Ferreira

Paisagem de Torres Novas

segunda-feira, 9 de março de 2009

À MULHER...


À MULHER...

Em ti mulher
encontro a força da natureza.
Terra, Mãe, Amante
criadora de todas as vontades
aragem de vida
rocha imponente
árvore do fruto que:
nasce
renasce
transforma
a Terra numa flor
que brota incessantemente
do teu ventre bendito.
Mulher, Mãe
fonte de:
criação
ventura
harmonia
cor
sedução
amor incondicional
a tudo o que te povoa
e se torna em vida.
Terra, Mãe, Mulher!
Posted by Picasa

domingo, 8 de março de 2009

Arte do 3º fogo




















Porcelana pintada à mão, que vai a queimar a 800 graus. É utilizada tinta em pó, que se dilui em óleo mole.

quarta-feira, 4 de março de 2009

"UM MIMINHO PARA A MARIA JOSÉ!!!

video

Agradeço o comentário que hoje fez no meu blogue. Como agredecimento, deixo este " Miminho!"

terça-feira, 3 de março de 2009

PENAMACOR




Aqui
Tudo é feito de pedra
Em cada pedra
Um poema
Que só os passarinhos
Sabem cantar

Os campos vestidos
De papoilas e rosmaninho
Convidam-nos a sonhar.

segunda-feira, 2 de março de 2009

olá a todos

Olá a todas!
Sou a Francisca e antes de mais quero dar os parabens à nossa professora pela iniciativa e agradecer-lhe o carinho e boa vontade que tem para nos ensinar.
Concordo com a ideia de oferecer um trabalho, para que se possa rifar e se proceda à aquisiçao de um armário.
Beijinhos e até breve
Francisca

APRESENTAÇÃO

Olá a todas! Sou a Isabel Reis.
Obrigada pelo carinho com que me receberam e principalmente a D. Maria José, sempre tão simpática e tão paciente.
Desde muito nova, que tenho um fascínio pela pintura e confesso que no meu tempo de escola
era uma aluna de 19 valores na disciplina de desenho, só que, infelizmente, não tive oportunidade
de desenvolver o gosto e o jeito de desenhar e pintar.
Hoje, volvidos muitos anos, estou de novo em contacto com as tintas e pinceis.
Estou a gostar muito desta experiência. Já aprendi algumas coisas, como a "técnica do guardanapo" que desconhecia em absoluto. Fiz alguns trabalhos que ofereci como prendas de Natal.
Comecei hoje a aprender a misturar cores e a dar umas pinceladas na tela.
Beijinhos e até à próxima
Isabel Reis

domingo, 1 de março de 2009

IMAGENS

IMAGENS

É junto à areia
É dentro da areia
É no meio da areia
Que busco o sonho
A imagem guardada
A beleza cromática
A textura apetecível
A história passada
Por caminhos não contados
Por aquelas pedras
Que busco e rebusco
Que atraem e refletem
Algo que é muito meu
E não sei definir
Mas que me ligam à terra
À vida que procuro
À perfeição que a natureza mostra
Em cada objecto
Em cada grão de areia
Em cada ar de vento
Que empurra a água
Elemento purificador de almas
Que encerra o azul
Qual esmeralda
Que do ventre da terra brota
E à qual todos voltamos.
Posted by Picasa

DESAFIOS

SUPORTE: Papel
TINTAS: Acrílico
Pintado com os dedos
Experimentem......


A GRANDE VIAGEM

Trabalho de Grupo

Acrílico S/Tela (40X50)

Foste mulher e mãe.
Mulher de muitas dádivas.
Amiga,
Caminheira errante
De viagens planeadas
Com hora de partida e de chegada.
Nas tuas telas , pinceladas de emoções
Ouvias o silêncio do deserto,
Ou o ruído do mar imenso .
Ouvias os pássaros de todas as cores
E a coruja polar...
Vieste despedir-te .
Partias para uma longa viagem...
Os teus olhos negros não mentiam.
Sabias que não voltarias... mas vieste.
Mulher coragem.
A onda gigante varreu a praia.
As gaivotas ficaram em terra
E tu partiste à hora marcada.