sábado, 29 de agosto de 2009

AS MINHAS DESCULPAS!!!

Quero pedir desculpa por ter publicado tantas imagens no blogue, pois parece que é só meu, mas como achei interessante o assunto, alonguei - me um pouco.
Prometo, que por agora, não voltarei tão depressa a publicar mensagens, e dou a vez às colegas que não se lembram que o blogue existe!!!
Um beijinho para todas e boas férias!

NAPERON


Não, não é de renda este naperon... é sim, de junco, e feito por uma artesã, do Concelho de Pombal, com "mãos de oiro"! Para mim, é uma Verdadeira Maravilha!

COFOS


Os Cofos podem servir para colocarmos ovos, molas da roupa, fruta, pão...

TAPETE


Este tapete é feito, com bracejo, por artesãos do Concelho de Pombal e está em exposição numa tenda do Parque Municipal de Leiria ( Parque Infantil).
Além deste trabalho há outros que a seguir irei publicar.

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

EMMA HACK

video

Emma Hack é uma pintora australiana que se intitula ARTISTA CORPORAL, pois pinta corpos humanos. É mundialmente famosa e os seus trabalhos são requisitados por diversas empresas multinacionais para as campanhas publicitárias. Emma Hack delicia - se e diverte - se com os seus trabalhos.

Informação tirada da NET.

terça-feira, 18 de agosto de 2009

UM BLOGUE A VISITAR!!!


Esta é uma tela que já todos conhecem! Mas para dar mais alegria ao blogue, lembrei - me de a colocar.
Deixo o site de um blogue de uma Leiriense para que todas as colegas o possam visitar e que acho irão gostar de apreciar!
Continuação de umas óptimas férias!

sábado, 8 de agosto de 2009

CASTELO DE LEIRIA

Acrílico sobre tela



CASTELO DE LEIRIA

Vivi junto ao castelo
Cresci ao pé do castelo
Brinquei no castelo
Joguei ao faz-de-conta no castelo.
Uns dias era uma rainha, uma princesa, uma fidalga
Outros, uma aia, uma serva, uma pedinte.
E depois, com os amigos, brincava às guerras:
Éramos cavaleiros e cavaleiras
Éramos guerreiros e soldados
Éramos cristãos e mouros
E por entre as muralhas lançávamos pedras e paus
Em vez de azeite quente e lanças
E depois construíamos abrigos
E depois fingíamos ser inimigos.
Nas salas do nosso castelo festejávamos,
Com grandes honrarias,
As conquistas, as guerras ultrapassadas.
Reis e rainhas, fidalgos e fidalgas
Cantavam, dançavam e satisfaziam
Os seus diversos apetites
Em grandes banquetes servidos
Pelos seviçais competentes.
E o castelo era o cenário
Destes sonhos de faz-de-conta.
Castelo, belo castelo
És a imagem presente no dia-a-dia
De ontem, de hoje e sempre,
És a imagem que guardamos
Quando estamos distantes.
Castelo, belo castelo
Castelo de Dinis e Isabel
De trovas e amores escondidos
De milagres e amores contidos,
Castelo altaneiro e belo
CASTELO DE LEIRIA.
Posted by Picasa

sexta-feira, 7 de agosto de 2009






Outro trabalho efectuado pela


Soraia





Trabalho efectuado pela

Soraia
Ensinando artes em tempo de férias

Pintura a óleo sobre tela

efectuado pela minha aprendiz
Olga